ROUPAS PARA PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN – SER DIFERENTE É FAZER A DIFERENÇA!

 

Olá pessoal,
Ser diferente também faz diferença na moda. Todos nós sabemos que a moda geralmente não é para todos, mas graças a persistência de algumas pessoas isso está mudando.  A neta de uma empreendedora americana chamada  Karen Bowersox nasceu com síndrome de Down e com o tempo Karen foi percebendo as inúmeras dificuldades que sua filha encontrava na hora de escolher roupas para sua neta, Maggie.  Pensando nisso Karen criou uma linha de roupas exclusivas para as necessidades de pessoas com Síndrome de Down a Down Designs que apresentam tamanhos e modelos que se adaptam as necessidades dos clientes.

Conforto e estilo, é o objetivo da marca que desenvolve peças para adultos e crianças. Em 2010 a designer Jillian Jankovsky  foi contratada para ajudar na idealização das peças que foram realizadas a partir de modelos reais onde criou com ajuda de Karen uma numeração específica para seu publico alvo chamando de “down sizing”.

Como sempre, no início muitas fabricas relutaram em produzir as peças por conta da diferença  nos tamanhos, mas com a vontade de ser diferente, Karen conseguiu um acordo com alguns fornecedores da China que deu inicio a produção. As primeiras amostras foram distribuídas gratuitamente na Conferência Nacional de Síndrome de Down, na Flórida, Estados Unidos, e os últimos ajustes foram acertados. Com fechos fáceis de abrir e uma costura especial nas regiões dos joelhos e dos cotovelos, as peças acabaram recebendo grande aprovação do público, inclusive dos familiares.

As roupas estão disponíveis no site da marca e contam com instruções on-line sobre como calcular os tamanhos e as medidas especiais. Para compradores de primeira viagem, é possível comprar uma calça jeans sem barra, medi-la em casa e depois reenviá-la para a marca, que corta o comprimento correto sem qualquer custo adicional.

Itens em promoção são vendidos por cerca de US$ 30 (R$ 53). Agora, a marca está pensando em aumentar o número de modelos e incrementar o estilo das peças.

Por JJunior

Fonte: Revista pegn
Anúncios